Pai de Madeleine admite que dinheiro para buscas está acabando

Lisboa, 9 abr (EFE).- Gerry McCann, o pai de Madeleine, a menina britânica que desapareceu em 2007 na Praia da Luz, em Portugal, admitiu em declarações a jornalistas portugueses que o dinheiro para a busca da filha está acabando.

EFE |

O pai de Madeleine foi há poucos dias à área onde a menina desapareceu para continuar as buscas e gravar um documentário para o canal britânico "Channel Four", e reconheceu que, no final de 2009, "já não terá mais dinheiro no fundo".

"Não será nos próximos meses, mas provavelmente no final do ano, acabará o dinheiro, devido ao ritmo com que estamos gastando", disse McCann à imprensa portuguesa.

O médico britânico destacou que sua família usou "muito dinheiro" com a intenção de encontrar a Madeleine, mas disse que não podia facilitar a quantia exata.

Esta é a segunda vez que Gerry McCann volta a Portugal, após a visita em janeiro com o objetivo de cooperar com as autoridades portuguesas na busca da pequena Madeleine.

Em 3 de maio, completam-se dois anos do desaparecimento da menina e os pais de Madeleine decidiram relançar as buscas através de cartazes e fotografias espalhadas em Lagos e na Praia da Luz. EFE prl/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG