Sydney (Austrália), 11 nov (EFE).- O pai da atriz Michelle Williams e avô de Matilda, filha do falecido ator Heath Ledger, aceitou hoje ser extraditado da Austrália para os Estados Unidos, a fim de responder às acusações de evasão fiscal.

Larry Williams disse aos jornalistas em Sydney que estava preparado para lutar nos tribunais americanos e ganhar a batalha judicial, e prometeu retornar depois à Austrália.

A Justiça americana solicita Larry Williams, em liberdade após pagar fiança desde maio de 2006 na Austrália, a devolução de cerca de 1 milhão de euros (US$ 1,29 milhão) correspondentes a impostos que deveria pagar entre 1999 e 2001.

Segundo o jornal "The Daily Telegraph", o pai de Michelle Williams, que - segundo a imprensa - está refazendo a vida com o diretor de cinema Spike Jonze, ex-marido de Sofia Coppola, deve viajar a Los Angeles (EUA) amanhã em um vôo da companhia aérea australiana Qantas.

Michelle Williams e Heath Ledger, que morreu em 22 de janeiro, em Nova York, aos 28 anos por causa de uma overdose acidental de medicamentos, tiveram uma filha em 2005, chamada Matilda. EFE mg/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.