Pai americano chega ao Brasil para buscar filho

Eu espero poder ir embora com o meu filho, disse, ao desembarcar no Aeroporto Internacional do Rio, o norte-americano David Goldman, no início desta tarde. Foi a única frase dele, recebido no Rio por funcionários do consulado americano.

Agência Estado |

Goldman seguiu escoltado por dois carros da Polícia até o Hotel Marriott, na Praia de Copacabana.

O TRF da 2ª Região determinou que o menino S.G., de 9 anos, seja entregue ao consulado americano no Rio, até a tarde de amanhã, para retornar com o pai ao país onde nasceu.

Advogados de Goldman e da família brasileira de S. informaram que só darão entrevista após a decisão prevista para do ministro Marco Aurélio Mello, do Superior Tribunal Federal (STF), que decide sobre habeas-corpus impetrado pela avó materna Silvana Bianchi para tentar manter a criança no Brasil. A mãe de S., a estilista Bruna Bianchi, morreu no ano passado, após o parto da segunda filha.

    Leia tudo sobre: goldman

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG