Paes assume que faltou resposta do Governo para evitar tragédia

Rio de Janeiro, 14 abr (EFE).- O prefeito do Rio, Eduardo Paes, reconheceu hoje que faltou resposta por parte das autoridades para evitar a tragédia relacionada às fortes chuvas da semana passada que, até agora, matou 251 pessoas.

EFE |

"Sempre há falhas. Foi uma mistura de efeitos da tempestade somados à ineficácia do poder público, displicência com a ocupação irregular e os investimentos que não foram feitos", comentou Paes após uma reunião com a ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra.

O prefeito disse ainda que busca "acertar e regular as coisas para que melhorem".

Com a sucessora de Dilma Rousseff, Paes administrou a liberação de US$ 90 milhões em recursos concedidos pelo Governo federal para ajudar na situação de emergência. EFE wgm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG