Miss Freira por críticas - Mundo - iG" /

Padre italiano cancela concurso de Miss Freira por críticas

Roma, 25 ago (EFE) - O sacerdote italiano Antonio Rungi, que tinha lançado um concurso na internet para escolher a freira mais bonita do país, suspendeu momentaneamente a iniciativa ao considerar que havia gerado muita confusão e após ter recebido algumas críticas.

EFE |

Com um comunicado, Rungi tinha pedido às religiosas e noviças com entre 18 e 40 anos que mandassem fotos para participar de um concurso de beleza, que acabaria "com alguns preconceitos sobre que as meninas menos bonitas se tornam freiras".

O sacerdote explicou hoje que decidiu cancelar a iniciativa ao considerar que foi "mal interpretada", pois seu objetivo era só "contar, através da internet, a vida nos conventos e os relatos mais belos da vida das religiosas".

"É uma iniciativa que diminui o papel das freiras consagradas a Deus, às missões, às obras de caridade, e aos mais indefesos", rezava um comunicado emitido hoje pelo presidente da Associação Cultural de Docentes Católicos, Alberto Giannino.

O padre afirmou que, após ser divulgada a notícia do concurso, recebeu, através de seu blog, "duras injúrias" e ameaças de "ir ao inferno".

O religioso esclareceu que o concurso queria ser uma "provocação" para "chamar a atenção para o mundo das freiras, freqüentemente pouco valorizado", e sobre "a falta de vocações entre as mulheres italianas".

Rungi assegurou que o "concurso" será retomado somente quando as pessoas entenderem "a bondade da iniciativa" e essa não for mal interpretada. EFE ccg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG