Padre famoso de Miami flagrado com mulher vira protestante

O famoso sacerdote católico de Miami Alberto Cutié, pivô de um escândalo quando admitiu ter namorada, com a qual apareceu numa revista aos beijos numa praia, continuará sua vida religiosa, mas na igreja protestante, que não o obriga ao celibato.

AFP |

O "padre Alberto", como é chamado popularmente em Miami, decidiu deixar a batina e "tornar-se membro da Igreja Episcopal onde continuará seu sacerdócio", informou nesta quinta-feira esta entidade.

O padre, de 40 anos, um dos sacerdotes hispânicos mais famosos dos Estados Unidos, com programas na televisão e grande presença nos meios de comunicação, foi alvo de escândalo no começo de maio, quando apareceu numa revista em poses românticas e beijando uma mulher na boca numa praia de Miami Beach.

O religioso, que critica o celibato dentro da Igreja, havia admitido num primeiro momento as escapadas amorosas, tendo sido "licenciado" temporariamente pelo arcebispado de Miami da paróquia que dirigia, também em Miami Beach.

jco/lm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG