Pacifistas levarão vários sapatos para protestar na Casa Branca

Washington, 15 dez (EFE).- Pacifistas do grupo Code Pink anunciaram hoje que levarão vários sapatos à Casa Branca, na próxima quarta-feira, em solidariedade ao jornalista iraquiano, que lançou seu calçado contra o presidente George W.

EFE |

Bush durante sua visita a Bagdá.

O jornalista, identificado como Muntazer al-Ziadi, permanece em uma prisão iraquiana após o incidente do domingo passado, no qual jogou seus sapatos em Bush, em sinal de frustração com a situação no Iraque.

O grupo, que se opôs à guerra e à ocupação no Iraque desde o princípio, convocou um protesto no Parque Lafayette, em frente à Casa Branca, para exigir a libertação de Ziadi.

Em comunicado, os ativistas indicaram que levarão ao protesto "um enorme número de sapatos" com os nomes dos cidadãos iraquianos que morreram no que chamaram de "guerra de Bush".

O grupo pediu ao público que inclusive leve sapatos usados e se "solidarize com o povo iraquiano para exigir um fim imediato e completo da ocupação do Iraque".

"É degradante que Ziadi possa receber dois anos de prisão por insultar George Bush, quando Bush é o responsável direto pela morte de 1,5 milhão de iraquianos e 4.200 soldados americanos, e por cinco milhões de iraquianos deslocados", disse Medea Benjamin, da Code Pink.

"Quem deveria estar na prisão é George Bush, e deveria ser acusado de crimes de guerra", acrescentou a ativista. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG