Oxfam pede perdão para dívida externa do Haiti

A organização Oxfam pediu neste domingo que chanceleres que se reunirão na segunda-feira, em Montreal (Canadá), para tratar da crise haitiana, perdoem a dívida externa desse país, destruído por um terremoto em 12 de janeiro.

EFE |

Além de pedir o cancelamento de cerca de US$ 890 milhões de dívida, a ONG britânica solicitou também ajuda para a reconstrução do país, por meio do apoio aos agricultores e pequenos negócios, da subvenção às áreas mais pobres e garantia de que recebam auxílio, do respaldo para o funcionamento do governo e a sociedade civil e da construção de edifícios e infraestruturas com melhores materiais.

"Esperar que o Haiti devolva milhões de dólares enquanto tenta se recuperar do pior desastre natural da história recente seria cruel e desnecessário", declara, em comunicado, o diretor da Oxfam, Jeremy Hobbs.

A Oxfam também pediu que os 16 ministros do grupo Amigos do Haiti, do qual participam EUA e França, deixem claro que as tropas internacionais funcionarão sob o mandato da ONU e do governo haitiano.

O terremoto de 7 graus na escala Richter que atingiu o Haiti ocorreu às 19h53 de Brasília do dia 12 de janeiro e teve epicentro a 15 quilômetros da capital, Porto Príncipe.

Veja também:


Leia mais sobre
terremoto

    Leia tudo sobre: haititerremoto no haititragédia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG