Ovelar e Lugo empatam em eleições paraguaias, aponta pesquisa

ASSUNÇÃO (Reuters) - A pouco menos de três semanas das eleições presidenciais do Paraguai, o candidato da oposição Fernando Lugo e a governista Blanca Ovelar disputam cabeça a cabeça a preferência dos eleitores, mostrou uma pesquisa na quarta-feira. O estudo do Instituto de Comunicação e Arte (ICA), empresa que frequentemente trabalha para o governo, disse que Lugo, ex-bispo católico apoiado por partidos de esquerda, teria o apoio de 30,9 por cento dos eleitores, contra 30,1 por cento de Ovelar, o que daria um empate técnico.

Reuters |

Lugo vinha registrando liderança folgada nas pesquisas dos últimos meses.

Em terceiro lugar, com 21,4 por cento, está Lino Oviedo, carismático ex-chefe do Exército, libertado meses atrás da condenação por ter tentado um golpe de Estado em 1996. Em quarto, está o empresário Pedro Fadul, com 3,6 por cento.

Os indecisos somam 14 por cento.

'É uma disputa nariz a nariz e o fator determinante está no alto número de indecisos', disse Enrique Chase, responsável pelo estudo, à rádio local Primero de Marzo.

'Além disso, em quase todas as regiões do país, ocorre um empate técnico', acrescentou.

Segundo a consultora, Ovelar, candidata do Partido Colorado, do governo, subiu cinco pontos em março, assim que vários dissidentes lhe deram apoio. Entretanto, pesquisas de outros institutos, divulgadas no mês passado, demonstram que a candidata está em queda, ficando na terceira posição.

Os dados da pesquisa foram coletados na segunda quinzena de março com moradores de Assunção e dos 13 Estados mais povoados do país. O estudo tomou como base em 2.810 respostas válidas e tem margem de erro de 2,3 pontos percentuais.

O Paraguai fará eleições gerais no dia 20 de abril, para trocar de autoridades nacionais e regionais por cinco anos.

As regras eleitorais paraguaias não prevêem segundo turno --vence o candidato com o maior número absoluto de votos.

(Reportagem de Daniela Desantis)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG