Outros três presos políticos cubanos e familiares chegam a Madri

Chegaram à Espanha 15 dos 20 dissidentes que concordam em mudar para país europeu; os últimos cinco devem chegar na sexta

AFP |

Outros três presos políticos cubanos e seus familiares chegaram nesta quinta-feira a Madri, o que aumenta para 15 o número de dissidentes libertados que imigraram para a Espanha nos últimos nove dias.

Os dissidentes Manuel Ubals, de 41 anos, Alfredo Pulido, 49, e Ricardo Silva, 37, chegaram num voo comercial na manhã desta quinta-feira a Madri.

Em Havana, outros cinco presos políticos estão se preparando para chegar à Espanha na sexta-feira, completando assim a lista dos 20 dissidentes que aceitaram viajar para Madri como parte do processo de libertação de 52 opositores iniciado pelo regime cubano há pouco mais de uma semana.

Como fruto da mediação da Igreja, o governo começou na semana passada a libertar 52 presos políticos , do grupo de 75 opositores condenados na chamada Primavera Negra de 2003.

    Leia tudo sobre: CubaRául Castropresos políticosdissidentes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG