Otan sugere que Putin está buscando desculpa para outros passos no Mar Negro

Bruxelas, 3 set (EFE).- O porta-voz da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), James Appadurai, considerou hoje difícil de entender a reação irada do primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, à presença de navios de guerra da organização no Mar Negro, e se perguntou se está buscando uma desculpa para dar outros passos.

EFE |

Em entrevista coletiva na sede da Aliança, Appadurai reiterou que "não há conexão" entre o conflito entre Geórgia e Rússia e os exercícios militares de quatro navios.

Os navios de guerra da Otan chegaram em 25 de agosto ao porto romeno de Konstanz, no Mar Negro, para realizar exercícios militares programados há um ano, e devem permanecer 21 dias.

Ontem, Putin disse que Moscou responderá à crescente presença de navios militares da Otan no Mar Negro.

"A reação será tranqüila, sem histerias de nenhum tipo. Mas a resposta, certamente, haverá", disse Putin. EFE met/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG