Otan retoma diálogo com Rússia e convoca conselho informal em janeiro

Bruxelas, 19 dez (EFE).- A Otan retomou hoje suas relações diplomáticas a alto nível com a Rússia, congeladas desde o mês passado de agosto em resposta ao conflito georgiano, e decidiu convocar em meados de janeiro uma reunião informal do Conselho dos embaixadores dos 26 países aliados e Moscou.

EFE |

O secretário-geral do organismo, Jaap de Hoop Scheffer, e o embaixador russo perante a organização, Dimitri Rogozin, realizaram um almoço "informal" que se desenvolveu em uma "atmosfera excelente", segundo a porta-voz da Aliança, Carmen Romero.

Apesar de a parte russa colocar sobre a mesa o desejo de seu país de que a Otan "reconheça" que reagiu de forma inadequada quando os culpou do conflito com a Geórgia, explicou em entrevista coletiva Rogozin.

"Devemos reconstruir a confiança, e isso não se consegue em um dia", disse o diplomata.

Segundo sua opinião, "não podemos pretender que não aconteceu nada" desde que em 8 de agosto começou o conflito que derivou na proclamação de independência da Abkházia e Ossétia do Sul, e que, segundo os russos, foi "um ato criminoso" dos georgianos.

No entanto, considerou que "o mais difícil era dar o primeiro passo" e iniciar "o difícil caminho para restaurar a confiança perdida". EFE met/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG