Otan realizará hoje reuniões com Geórgia e Rússia sobre Ossétia do Sul

Bruxelas, 12 ago (EFE).- A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) realizará hoje duas reuniões extraordinárias com representantes dos Governos da Geórgia e da Rússia para analisar o enfrentamento entre os dois países em torno da região separatista georgiana da Ossétia do Sul.

EFE |

Primeiro, está previsto que a ministra de Exteriores da Geórgia, Eka Tkeshelashvili, discurse no começo da tarde perante os embaixadores dos países-membros, reunidos no Conselho do Atlântico Norte, o principal órgão de decisão da Aliança.

Tkeshelashvili também se reunirá com o secretário-geral da organização, Jaap de Hoop Scheffer.

Após o anúncio da visita da ministra georgiana à sede da Otan, o Governo russo decidiu solicitar uma reunião extraordinária do conselho consultivo Otan-Rússia, para oferecer aos aliados sua versão do conflito da Ossétia do Sul e seu relato dos eventos.

O embaixador russo perante a Aliança Atlântica, Dmitri Rogózin, deixou claro que os aliados devem contar com "todas as informações da parte russa antes de tomar qualquer decisão".

A Otan iniciou ontem os preparativos para realizar, também hoje, o encontro com os representantes de Moscou, que deve ocorrer durante a tarde, segundo fontes da organização.

Enquanto a diplomacia internacional acelera as gestões para deter a guerra entre Geórgia e Rússia, continuam os enfrentamentos armados, inclusive para além da região separatista da Ossétia do Sul.

O Conselho de Segurança da ONU tenta aprovar uma resolução para interromper os combates e, desde a UE, além de organizar uma reunião extraordinária amanhã de ministros de Exteriores para avaliar a situação, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, viaja hoje a Moscou e Tbilisi com a esperança de conseguir um cessar-fogo. EFE epn/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG