retórica inútil - Mundo - iG" /

Otan pede que Moscou pare sua retórica inútil

Bruxelas, 9 jul (EFE).- O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), Jaap de Hoop Scheffer, pediu hoje às autoridades russas que abandonem a retórica inútil e as ameaças contra a Geórgia e os novos membros da Aliança, porque não ajudam a resolver as diferenças.

EFE |

De Hoop Scheffer respondia a um comunicado publicado hoje pelo Ministério de Assuntos Exteriores russo, no qual se afirma que a atuação da Geórgia nas regiões separatistas da Abkházia e da Ossétia do Sul representa "um perigo real para a paz no Cáucaso".

O comunicado de Moscou acrescenta que as ações georgianas "ameaçam levar a região a um novo conflito armado de conseqüências imprevisíveis".

Scheffer também foi perguntado pela reação russa ao recente acordo entre a República Tcheca e os Estados Unidos para a instalação no país centro-europeu de partes do sistema Nacional de Defesa contra Mísseis americano, a que Moscou anunciou que responderá com "medidas militares técnicas".

Sobre as duas declarações, De Hoop Scheffer disse que são "retórica inútil", que "não ajuda a aproximar as partes".

"Acho que não ajudam em nada e que estaríamos melhor sem elas", disse o secretário-geral da Otan, durante uma entrevista coletiva por ocasião da assinatura dos protocolos de adesão da Croácia e da Albânia à Aliança Atlântica. EFE jms/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG