GENEBRA - A Otan pediu nesta quarta-feira à Rússia que reverta a decisão de reconhecer duas regiões separatistas da Geórgia e respeite a integridade territorial do país do Cáucaso.

"A Otan condena a decisão da Federação Russa de reconhecer as regiões separatistas georgianas da Ossétia do Sul e da Abkházia e pede à Rusia que recue em sua decisão", afirma a Aliança Atlântica em um comunicado publicado após a reunião dos 26 embaixadores em Bruxelas.

"A decisão da Rússia viola as numerosas resoluções do Conselho de Segurança da ONU que os russos aprovaram sobre a integridade territorial da Geórgia", acrescenta o texto da Otan.

A comunidade internacional também reagiu à medida russa. Os Estados Unidos e a França qualificaram a decisão de "lamentável". A Grã-Bretanha disse que rejeita categoricamente a medida.

Entretanto, os líderes da Ossétia do Sul e da Abkházia, que proclamaram independência no início da década de 1990, agradeceram à Rússia.


Mapa da Geórgia

Leia mais sobre: Geórgia - Ossétia do Sul

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.