Otan nomeia novo representante no Afeganistão

Bruxelas, 26 jan (EFE).- A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou hoje a nomeação de um novo representante civil no Afeganistão, Marc Sedwill, cuja tarefa será ajudar no desenvolvimento do país asiático, melhorando a coordenação da ajuda civil e militar.

EFE |

"Temos que reforçar a interação de nossas atividades militares, de reconstrução civil e desenvolvimento", disse o secretário-geral da Aliança, o dinamarquês Anders Fogh Rasmussen, na entrevista coletiva em que foi feita a nomeação.

Sedwill, até agora embaixador do Reino Unido no Afeganistão, tem experiência diplomática no Paquistão e no Oriente Médio. Ele vai substituir no posto o italiano Fernando Gentilini, que havia assumido a função em maio de 2008.

O novo representante civil da Otan em Cabul disse que, em 2010, focará a associação dos esforços político e militar em apoio ao Governo afegão. O principal objetivo, destacou, vai ser "recuperar a iniciativa frente aos rebeldes".

Tanto Rasmussen como Sedwill manifestaram sua confiança nos compromissos do presidente afegão, Hamid Karzai, contra a corrupção e a melhora da eficiência do Governo.

A nomeação de Sedwill acontece a dois dias da conferência internacional sobre o Afeganistão, que será realizada em Londres.

Nela, a Otan espera que Karzai explique como alcançará suas metas como presidente reeleito.

A operação no Afeganistão também será um dos assuntos mais importantes da reunião de dois dias iniciada hoje, em Bruxelas, entre os chefes do Estado-Maior dos países da Aliança e dos que participam da Força de Assistência à Segurança (Isaf).

Ao todo, 43 chefes das Forças Armadas de países participantes da Isaf, além do chefe das tropas da Otan no Afeganistão, general Stanley McChrystal, e do chefe das Forças Armadas do Paquistão, general Ashfaq Pervez Kiyani, discutirão amanhã como andam as operações em solo afegão. EFE rcf/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG