Tamanho do texto

Bruxelas, 12 ago (EFE).- A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) confia em que a Rússia interromperá, como anunciou, os ataques em território georgiano, e pediu a todas as partes que voltem às posições que tinham em 6 de agosto.

Assim afirmou hoje o secretário-geral da Aliança, Jaap de Hoop Scheffer, após uma reunião do Conselho do Atlântico Norte - o principal órgão de decisão da Otan - e outra com a delegação georgiana, para analisar a situação em torno da Ossétia do Sul.

"Os aliados condenam o uso excessivo da força por parte da Rússia e pedem respeito à soberania da Geórgia e a sua integridade territorial", ressaltou De Hoop Scheffer. EFE epn/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.