Otan envia grupo naval para combater pirataria na Somália

Bruxelas, 11 (EFE).- A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou hoje o envio de um grupo naval formado por sete navios para combater a pirataria em águas próximas à Somália.

EFE |

As unidades navais cruzarão o Canal de Suez no próximo dia 19 para uma missão que durará até o início de julho, mas a interromperão temporariamente para realizar visitas a países da região, disse o porta-voz da Otan, James Appathurai, em entrevista coletiva.

O Grupo Marítimo de Resposta Permanente 1 (SNMG 1) da Aliança Atlântica realizará tarefas de vigilância contra a pirataria nas águas que cercam a Somália.

A operação será coordenada na área com as unidades navais de outros países presentes, como as da União Europeia.

O grupo marítimo é formado por sete unidades: uma fragata de combate dos EUA, Espanha, Holanda, Canadá e Portugal, país que exercerá o comando da operação, e duas alemãs.

Os navios operarão em grupo e poderão realizar também tarefas de escolta, mas sua missão prioritária é a de ação contra os piratas.

EFE rcf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG