Otan envia 3 navios para escoltar navios de ajuda humanitária na Somália

Bruxelas, 24 out (EFE).- Três navios da Otan estão à caminho do litoral da Somália para protegerem os navios de ajuda humanitária do Programa Mundial de Alimentos da ONU de ataques de piratas, informou hoje a Aliança em comunicado.

EFE |

Os três navios fazem parte do segundo grupo marítimo, formado por sete embarcações e enviado pela Otan para desempenhar trabalhos de escolta e vigilância na região, com o intuito de prevenir atos de pirataria.

As embarcações, que já seguem para a Somália, são de bandeira italiana, grega e britânica.

Os outros quatro navios do grupo - dois alemães, um turco e outro americano - terão que realizar visitas a portos e manobras previstas com quatro países do Golfo Pérsico com os quais a Otan coopera: Kuwait, Emirados Árabes Unidos, Catar e Barein.

Caso seja necessário poderão fazer uso da força, em função das "regras de enfrentamento" já firmadas e em cumprimento da legislação nacional e internacional aplicável.

"A capacidade da Otan para reagir com rapidez ao pedido de ajuda da ONU demonstra a flexibilidade do aparelho militar da Organização", declarou o chefe da Aliança na Europa, general John Craddock. EFE epn/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG