Otan e Rússia formalizam retorno de Moscou à Aliança Atlântica em abril

O embaixador russo na Otan, Dimitri Rogozine, anunciou nesta quinta-feira que a primeira reunião formal do Conselho Otan-Rússia acontecerá em abril, logo após a cúpula da Aliança Atlântica.

AFP |

"A decisão de retomar as relações entrará em vigor logo depois dessa reunião" da Otan para marcar seu 60º aniversário, nos dias 3 e 4 de abril em Estrasburgo (França) e Kehl (Alemanha), declarou ele, após o anúncio feito pela Otan do reinício do diálogo com Moscou.

Os ministros das relações exteriores dos 26 países da Otan decidiram nesta quinta-feira reatar com Moscou, após mais de seis meses de suspensão das relações formais em alto nível devido ao breve conflito russo-georgiano de agosto de 2008.

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan, Nato), também chamada Aliança Atlântica, é uma organização internacional de colaboração militar estabelecida em 1949 em apoio ao Tratado do Atlântico Norte assinado em Washington no dia 4 de Abril de 1949, com os nomes oficiais North Atlantic Treaty Organization (Nato), em inglês, e Organisation du Traité de l'Atlantique Nord (Otan), em francês.

A organização foi criada em 1949, durante a Guerra Fria, como frente de oposição ao bloco socialista que surgiria em seguida: o Pacto de Varsóvia, a aliança militar do leste europeu.

Com o desmoronamento do Bloco de Leste no final dos anos 80, surgiu a necessidade de redefinição da Otan no contexto da nova ordem internacional; o motivo que havia dado origem ao aparecimento da organização e o objetivo que a norteou durante quatro décadas desapareceram.

A organização passou a assumir uma nova tarefa, a de se tornar o centro da política de segurança de toda a Europa, integrando, também, os países que antes formavam o bloco adversário e a América do Norte. Voltou-se para a ampliação aos países da Europa de Leste, o que não era bem visto pela Rússia, uma vez que esses países se afastavam de sua esfera de influência.

Em março de 1999, foi formalizada a adesão de Hungria, Polônia e República Tcheca, três países do antigo Pacto de Varsóvia. Em março de 2004 aderiram Bulgária, Estônia, Letônia, Lituânia, Romênia, Eslováquia e a Eslovênia.

Atualmente, os Estados que integram a Otan são Alemanha (República Federal e República Democrática da Alemanha, como eram antes da reunificação), Bélgica, Canadá, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América, França, Grécia, Holanda, Islândia, Itália, Luxemburgo, Noruega, Portugal, Reino Unido, Turquia, Hungria, Polônia, República Tcheca, Bulgária, Estônia, Letônia, Lituânia, Romênia, Eslováquia e Eslovênia.

siu-pm/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG