Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Otan diz que houve progresso em ofensiva contra o Taleban

O comandante das forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) no sul do Afeganistão, General Nick Carter, declarou que a megaoperação contra o Taleban na região tem sido extremamente bem-sucedida até agora.

BBC Brasil |

 

Segundo informações do Exército afegão, ao menos 20 insurgentes do Taleban foram mortos durante uma grande ofensiva na cidade de Marjah, um reduto de militantes na Província de Helmand. Ao menos 11 insurgentes também teriam sido capturados e rifles, metralhadoras e granadas, apreendidos.


Soldados dos EUA se preparam para embarcar em helicóptero no Afeganistão / AP

Um porta-voz da Otan confirmou à BBC que dois soldados das forças internacionais morreram durante o primeiro dia da operação. Um deles, durante a explosão de uma bomba caseira e outro, atingido por um atirador.

Três soldados americanos também teriam sido mortos por explosivos, mas ainda não está claro se eles faziam parte da ofensiva, que está sendo considerada a maior no país desde a queda do regime dos talebãs, em 2001, envolvendo mais de 15 mil soldados.

O objetivo final da operação batizada de Moshtarak (que significa "juntos" no idioma local dari) é assegurar o controle do governo nas áreas de Marjah e Nad Ali, na Província de Helmand, que abrigavam centenas de militantes talebãs antes da ofensiva.

Um comandante do grupo extremista disse à rede de televisão ABC que seus homens estavam se retirando da região para poupar as vidas de civis.


Soldado afegão revista civil durante operação / AFP

Bombas

As tropas têm avançado com cautela pelos campos de papoulas tentando não detonar explosivos deixados por militantes do Taleban.

Uma ponte sobre um canal de acesso a Marjah estava tão carregada de bombas que os soldados tiveram que construir pontes improvisadas para entrar na cidade, segundo informações da agência Associated Press.

Marjah é considerada uma localização importante para a lucrativa rede de tráfico de ópio - a substância usada para produzir heroína -, colhido dos campos de papoulas da Província de Helmand.

Mas o especialista em segurança da BBC Frank Gardner diz que o verdadeiro teste para o sucesso da operação Moshtarak não está no campo de batalha, mas sim na fase após os confrontos.

Tudo dependeria de a coalizão conseguir trazer segurança duradoura e boa governância à população local, que teria deixado a região com medo do fogo cruzado.

Civis

O presidente afegão, Hamid Karzai, e o comandante da operação da Otan pediram que os soldados evitem a morte de civis a todo custo, já que a operação também visa conseguir o apoio dos moradores.

Segundo o correspondente da BBC em Washington Adam Brookes, a ofensiva tem uma grande importância política, já que marca a primeira grande ação militar no Afeganistão desde que o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou o envio de mais 30 mil soldados americanos ao país.

Leia mais sobre Afeganistão

Leia tudo sobre: afeganistão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG