Otan confirma morte de pelo menos 27 talibãs e dois soldados no Afeganistão

Cabul, 14 fev (EFE).- Pelo menos 27 talibãs e dois soldados da força internacional morreram desde o início do grande assalto militar da Otan sobre um reduto rebelde da província de Helmand, no sul do Afeganistão, informou hoje à agência Efe uma fonte oficial.

EFE |

O porta-voz do governador de Helmand, Dawoud Ahmadi, explicou em declarações por telefone que as forças internacionais e afegãs encontraram até agora 2.500 quilos de explosivos na ofensiva sobre a localidade de Marjah, que tem cerca de 80 mil habitantes e onde se escondem centenas de insurgentes.

Ahmadi detalhou que desde a madrugada da sexta-feira, quando cerca de 15 mil soldados da força aliada iniciaram a operação, morreram 27 talibãs e dois soldados estrangeiros. Não foram divulgadas as nacionalidades e as circunstâncias das mortes.

O Ministério britânico de Defesa confirmou neste sábado a morte de um de seus soldados em Nad Ali, distrito próximo a Marjah e importante núcleo da insurgência talibã. EFE lo-amp/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG