Bruxelas, 29 mar (EFE).- O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, condenou os atentados cometidos hoje no metrô de Moscou, que causaram mais de 30 mortos, e lembrou às autoridades russas sua disposição de cooperar contra o terrorismo.

"Em nome da Otan, condeno firmemente os atentados terroristas de Moscou. Não pode haver justificativa para este tipo de ataques sobre civis inocentes", disse Rasmussen em comunicado.

"A Otan continua comprometida em cooperar com a Rússia na luta contra o terrorismo internacional", acrescentou. EFE rcf/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.