Otan aprova nova missão de combate a piratas no Chifre da África

Lisboa, 17 ago (EFE) - A Otan aprovou uma nova missão para a luta contra a ação de piratas no Chifre da África que estará sob o Comando Aliado Conjunto de Lisboa, segundo informou hoje a organização.

EFE |

O Comando Conjunto de Lisboa apontou em comunicado que a operação, denominada "Escudo Oceânico", é a "contribuição da Otan aos esforços internacionais para combater os piratas no Chifre da África e começa hoje, depois da aprovação da Aliança Atlântica".

A organização apoiará também países que solicitem ajuda para enfrentar delitos relacionados com a ação de piratas.

O Comando Conjunto de Lisboa indicou na nota que "a operação está desenhada para complementar os esforços internacionais e contribuirá ao alcance de uma solução de segurança marítima duradoura no Chifre da África".

Enquanto o Comando Aliado Conjunto da Otan em Lisboa dirigirá o a operação "Escudo Oceânico", será o quartel-general de Northwood (Reino Unido) o o responsável por executar o controle tático diário.

Na operação vão participar as unidades navais que integram o agrupamento da Otan "Standing Maritime Group 2" e que incluem a fragata italiana ITS Libeccio, o contratorpedeiro americano USS Donald Cook, a fragata britânica HMS Cornualha, a grega HS Navarinon e a turca TCG Gediz. EFE prl/fk

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG