Otan anuncia saída de frota naval número 1 do Mar Negro

Bruxelas, 10 set (EFE) - A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) informou hoje da saída do Mar Negro da frota naval permanente número 1, comandada pelo contra-almirante espanhol Juan Rodríguez Garat, cuja presença naquelas águas provocou tensões com a Rússia em agosto durante o conflito com a Geórgia.

EFE |

Em comunicado, a organização precisou que a frotilha, composta por quatro fragatas, "concluiu com sucesso" sua missão, durante a qual realizou "visitas de rotina" a portos e exercícios navais com Bulgária e Romênia, membros da Aliança Atlântica.

O envio deste grupo, que normalmente opera no Mediterrâneo, ao Mar Negro em 21 de agosto foi interpretado por Moscou, em plena crise georgiana, como um gesto de intimidação por parte da Otan.

O primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, chegou a assegurar que a Rússia responderia à "crescente presença" da Otan no Mar Negro.

A organização negou imediatamente que as manobras tivessem qualquer relação com o conflito territorial entre Geórgia e Rússia e assegurou que os exercícios estavam previstos há muito tempo.

Na nota emitida hoje, a Aliança Atlântica informa que o Grupo Naval Permanente número um (SNMG 1) "concluiu, com sucesso, sua planejada visita e abandona hoje o Mar Negro conforme o Convênio de Montreux, que limita os desdobramentos navais nesse mar a 21 dias para os navios que não provenham do Mar Negro".

De acordo com seu programa anual, o SNMG 1 foi enviado ao Mar Negro em 21 de agosto com a finalidade de promover a operabilidade entre os membros da Otan", segundo a organização.

Os exercícios "reforçaram a capacidade marítima da Otan nesta área de interesse estrategicamente importante", acrescentou o vice-almirante Pim Bedet, comandante adjunto do componente marítimo aliado do quartel-General de Northwood.

A frota é formada por quatro fragatas: a espanhola Almirante Juan de Borbón, a alemã FGS Lübeck, a americana USS Taylor e a polonesa ORP General K Pulaski. EFE jms/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG