Otan acusa Rússia de debilitar integridade territorial da Geórgia

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) acusou nesta quarta-feira a Rússia de debilitar a integridade territorial da Geórgia com seus planos de aumentar suas tropas nas regiões separatistas georgianas de Abkhazia e Ossétia do Sul, segundo um porta-voz da Aliança Atlântica.

AFP |

"Os passos que foram tomados (pela Rússia) e a retórica utilizada aumentaram as tensões e debilitou a integridade territorial da Geórgia", disse.

Os Estados Unidos, por sua vez, afirmaram estar "preocupados" pelo anúncio russo.

"Estamos preocupados pelos informes provenientes da região, o presidente foi informado sobre a situação", afirma em um comunicado o porta-voz do Conselho Nacional de Segurança dos Estados Unidos, Gordon Johndroe.

A Rússia anunciou na terça-feira um aumento da sua presença militar nas duas regiões separatistas da Geórgia, alegando manobras agressivas por parte do governo pró-ocidente desta república do Cáucaso.

Isso se soma a decisão de Moscou de 16 de abril de um reforço de seus vínculos com Abkhazia e Ossétia do Sul, interpretado como uma resposta ao compromisso adotado pela Otan de ter a Geórgia como membro da Aliança Atlântica.

loc-mar/fb/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG