Otan abre as portas à Bósnia-Herzegóvina

Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) acordaram hoje conceder de forma condicionada à Bósnia-Herzegovina o Plano de Ação para a Adesão (MAP), considerado o passo prévio antes do ingresso de um país no bloco militar.

EFE |

Os ministros consideraram que a Bósnia avançou nos progressos requeridos com a recente destruição de excedentes de armas e munição.

No entanto, a aceitação do país estará condicionada a que todas as propriedades que o Governo bósnio considere necessárias para a defesa nacional estejam registradas em nome do Ministério da Defesa, explicou o porta-voz da Otan, James Appathurai.

Dessa forma, a Organização aceitará o primeiro programa nacional da Bósnia dentro desse plano somente após o cumprimento desse requisito, acrescentou Appathurai.

A decisão de hoje ocorre depois de vários países insistirem em uma decisão a favor da Bósnia para poder ter mais capacidade de influência no avanço das reformas do país.

Os ministros de Exteriores da Otan já haviam acordado em dezembro passado que dariam o MAP à Bósnia, mas deixaram claro que a decisão chegaria somente depois de o país obter progressos suficientes. EFE rcf/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG