Ossétia do Sul entrega a Tbilisi os corpos de dez soldados georgianos

Moscou, 16 nov (EFE).- As autoridades da Ossétia do Sul entregaram hoje à Geórgia os corpos de dez soldados georgianos que morreram durante a guerra que ocorreu entre 8 e 12 de agosto nessa região separatista.

EFE |

"A entrega dos corpos dos soldados é um ato de boa vontade por parte da Ossétia do Sul", informou David Sanakoev, defensor público da região separatista, segundo a agência russa "Interfax".

Sanakoev, que disse que os corpos dos recrutas georgianos tinham sido enterrados, por isso tiveram que ser exumados, disse que a Ossétia do Sul espera a mesma generosidade por parte de Tbilisi em outros assuntos.

"Nossos povos precisam de paz e tranqüilidade. Até agora, tínhamos devolvido à parte georgiana os corpos de 43 soldados.

Depois foram encontrados estes últimos dez", disse.

O ativista georgiano Guiorgui Mebuki, que esteve presente na exumação, agradeceu aos ossetas pelo gesto, que qualificou de "muito humano".

Apesar de tudo, os incidentes não pararam e hoje dois georgianos foram detidos após atravessar ilegalmente a fronteira entre a região separatista e o resto do território georgiano administrado por Tbilisi.

Além disso, representantes da comissão de Migração e Refugiados da Assembléia Parlamentar do Conselho da Europa (Pace) chegaram hoje à região para ver a situação dos refugiados e deslocados devido à guerra. EFE io/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG