Ossétia do Sul e Abkházia pedem reconhecimento internacional de independência

Moscou, 11 ago (EFE).- Os dirigentes das regiões separatistas da Ossétia do Sul e a Abkházia anunciaram hoje que se dirigirão à comunidade internacional para que reconheça sua independência da Geórgia.

EFE |

"Quanto sangue osseta deve ser vertido até que reconheçam nossas repúblicas? Isto foi um genocídio", assegurou Eduard Kokoiti, líder da região, durante uma conversa telefônica com seu colega abkhazo, Serguei Bagapsh, segundo a agência russa "Interfax".

Já o líder abkhazo ressaltou que ambos os povos já haviam escolhido seu próprio caminho e que era "o caminho de um estado independente".

"Estou convencido de que após esta tragédia a comunidade internacional deve reconhecer a independência da Ossétia do Sul e da Abkházia", disse.

Bagapsh disse que após o conflito "ninguém no mundo pode abrigar a ilusão de que a Abkházia e a Ossétia do Sul possam conviver com a Geórgia em um só Estado".

Ossétia do Sul e Abkházia já se dirigiram no começo de março à ONU, União Européia, Organização Para Segurança e Cooperação na Europa (Osce) e outras organizações internacionais para que reconhecessem sua independência. EFE io/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG