A região separatista georgiana da Ossétia do Sul, cuja independência foi reconhecida pela Rússia em agosto, fará parte da Federação Russa, anunciou o presidente osseta, Eduard Kokoity.

"Sim, sem dúvida nenhuma, faremos parte da Rússia e não temos a intenção de criar uma Ossétia independente, porque a História estabeleceu as coisas assim e nossos antepassados assim decidiram", declarou Kokoity.

O presidente da Ossétia do Sul fez o anúncio durante discusões de um grupo de reflexão organizado pelo Kremlin em Sochi, sul da Rússia.

Leia mais sobre : Ossétia do Sul

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.