OSCE: tropas russas dificultam missão de observadores na Geórgia

As tropas russas estariam dificultando a missão dos observadores da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) na Geórgia e na região separatista pró-Rússia da Ossétia do Sul, denunciou neste sábado à AFP um membro do grupo

AFP |

"Estamos tendo dificuldades em termos de liberdade de movimentação", disse a fonte, que pediu o anonimato, referindo-se ao conteúdo de um relatório divulgado esta semana pelos 56 países que compõem a OSCE.

A fonte insiste, no entanto, em chamar essas dificuldades de "obstáculos".

Além disso, acrescentou que a situação está mudando continuamente e que, em alguns casos, permitia-se que os observadores tivessem acesso a determinadas áreas, incluindo a capital da Ossétia do Sul, Tskhinvali, e a outras, não.

Em meados de agosto, a OSCE decidiu enviar 20 observadores militares à Geórgia para controlar o cumprimento do acordo de cessar-fogo com a Rússia.

A organização deve enviar um total de 100 observadores à Georgia por pelo menos seis meses.

Além dos observadores da OSCE, pelo menos 200 observadores militares da União Européia também trabalharão na Geórgia.

ssw/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG