OSCE pede que países-membros enviem 100 observadores à Geórgia

Viena, 14 ago (EFE).- A Presidência da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE) pediu que seus 56 países-membros enviem cem observadores internacionais que supervisionem na Geórgia a situação, considerada ainda frágil.

EFE |

Esta solicitação foi transmitida pessoalmente hoje pelo embaixador Heikki Talvitie, enviado especial do presidente rotativo da OSCE, Alexander Stubb, aos representantes dos Estados-membros, em uma sessão extraordinária do Conselho Permanente da organização realizada em Viena.

Segundo um comunicado oficial da organização, Stubb, que comemorou o cessar-fogo estipulado entre Rússia e Geórgia, "espera uma decisão sobre o aumento dos oficiais de observação militar em um futuro muito breve".

Talvitie advertiu que a situação "na Ossétia do Sul e em seu entorno" continua sendo "frágil".

"Todas as partes devem acatar o cessar-fogo, e necessária, de forma urgente, a vigilância internacional do cessar-fogo e da situação humanitária na Ossétia do Sul e ao redor da zona em conflito", disse o embaixador. EFE wr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG