OSCE aprova suspensão de operações russas e quer monitorá-la

HELSINQUE/MOSCOU (Reuters) - A Organização para Segurança e Cooperação na Europa elogiou o anúncio feito pela Rússia na terça-feira, no qual informou que estava encerrando as operações militares na Geórgia. A OSCE também se disse pronta para ajudar a monitorar uma trégua. Elogio a decisão do presidente (Dmitry) Medvedev, disse, em um comunicado, o ministro das Relações Exteriores da Finlândia, Alexander Stubb, cujo país detém a Presidência rotativa da OSCE.

Reuters |

Stubb está em Moscou para participar do processo de negociação.

Além da suspensão das operações, o presidente russo anunciou na terça-feira que as tropas de paz russas serão mantidas na Ossétia do Sul e na Abkhásia, duas áreas separatistas da Geórgia, para garantir a estabilidade na região do Cáucaso.

'Nossas forças de paz continuam e continuarão a desempenhar suas tarefas porque elas são um fator essencial para a sustentação da segurança no Cáucaso', disse Medvedev em uma coletiva, junto com o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

'Assim tem sido e assim continuará sendo', disse Medvedev.

(Por Ron Popeski)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG