Os buracos negros, que se encontram no centro de todas as galáxias, teriam sido os primeiros a se formar por ocasião do nascimento do Universo, segundo estudos de uma equipe de cientistas apresentado na conferência da American Astronomical Society, reunida mesta semana em Long Beach (Califórnia).

"Parece que os buracos negros apareceram primeiro", explicou Chris Carilli, astrônomo do National Radio Astronomy Observatory (NRAO). "Os indícios dessa hipótese estão se acumulando".

O cientista apresentou as principais conclusões das recentes pesquisas sobre os primeiros bilhões de anos do Universo, cuja idade giraria em torno dos, segundo calculam, 13,7 bilhões de anos.

Estudos anteriores sobre as galáxias e os buracos negros em seu centro revelaram uma relação intrigante entre as massas dos buracos negros e das estrelas e o gás da galáxia que gravita ao seu redor.

A relação da massa dos buracos negros e das estrelas e o gás galáctico que as rodeiam é praticamente a mesma em todo um vasto conjunto de galáxias de diferentes dimensões e idades.

Desse modo, a massa dos buracos negros no coração das galáxias é de cerca da milésima parte da das estrelas, do pó e do gás dessas galáxias, calcularam os cientistas.

"Essa relação constante indica que o buraco negro e o resto da galáxia interagem sobre seu respectivo desenvolvimento", indica Dominik Riechers, do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), outro autor desses trabalhos.

"A grande pergunta é se o buraco negro e a galáxia crescem juntos, mantendo constante a relação ao longo do processe ou se um ou outro experimentaram, em algum momento, o desenvolvimento mais importante", conclui.

js/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.