Os acidentes com submarinos nucleares russos desde 1992

Os acidentes com submarinos nucleares russos não são raros e pelo menos nove ocorreram desde 1992:

AFP |

- 29 maio 1992: Explosão do compressor elétrico de um submarino nuclear da Frota do Norte. Um morto e 5 feridos.

- 30 maio 1997: Naufrágio de um submarino nuclear russo da Décima Frota de Kamtchatka, na baía de Avatchninskaia (extremo oriente russo).

- 26 janeiro 1998: Acident do sistema de resfriamento com vazamento de amoníaco do submarino "Tomsk". Seis mortos.

- 5 maio 1998: Grave acidente a bordo de um submarino nuclear da classe "Delta-IV" equipado com 16 mísseis intercontinentais. A marinha russa não deu nenhum informação sobre o ocorrido.

- 12 agosto 2000: Explosão de um torpede dentro submarino de propulsão nuclear Kursk, durante manobras no Mar de Barents. 118 mortos.

- 30 agosto 2003: Naufrágio do submarino nuclear K-159 no Mar de Barents. Nove mortos.

- 14 novembro 2004: Explosão do reservatório a bordo de um submarino nuclear durante trabalhos de reparos. Um morto.

- 1o agosto 2005: Incêndio durante trabalhos de soldagem num submarino desmontado no canteiro naval militar de "Zvezdotchka", em Severodvinsk. Um morto.

- 6 setembro 2006: O submarino de propulsão nuclear da Frota do Norte São Daniel de Moscou sofre um incêndio perto da ilha de Rybatchiï, no Mar de Barents. Dois marinheiros morreram asfixiados.

- 8 novembro 2008: defeito no sistema antiincêndios de um submarino nuclear enquanto realizava testes no Pacífico. Mais de 20 mortos.

    Leia tudo sobre: submarino

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG