Ortega recebeu chefes das Farc em Manágua, diz jornal

Manágua, 23 jul (EFE) - O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, recebeu uma delegação das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), integrada por seis guerrilheiros, no dia 17, na véspera da comemoração do 29º aniversário da Revolução Popular Sandinista, informou hoje o jornal La Prensa de Manágua.

EFE |

No entanto, o secretário de Relações Internacionais da Frente Sandinista, Jacinto Suárez, disse hoje à Agência Efe que a notícia publicada hoje no periódico "é pura especulação".

"Por que temos que andar escondendo se (Ortega) recebeu (os membros das Farc)? Qual é a lógica?", questionou Suárez, também legislador perante o Parlamento Centro-Americano (Parlacen).

O dirigente sandinista acrescentou que o jornal "está no marco da especulação, para ocultar o êxito da convocação de 19 de julho e que as pessoas comecem a falar dessas coisas", sobre o possível encontro entre Ortega e a delegação das Farc.

Segundo o periódico, que cita "fontes políticas" não identificadas, o presidente nicaragüense recebeu, em particular, os seis membros das Farc que, inclusive, participaram, disfarçados, da festa de aniversário da revolução sandinista, no último sábado.

O "La Prensa" de Manágua informou que "veículos de comunicação colombianos souberam" que os seis membros das Farc chegaram à capital da Nicarágua em um avião tipo Cessna, propriedade da empresa Petróleos de Venezuela S/A (PDVSA). EFE lfp/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG