Ortega é o primeiro presidente a sair da cúpula América Latina e Caribe

Costa do Sauípe (Bahia), 17 dez (EFE).- O chefe de Estado da Nicarágua, Daniel Ortega, foi o primeiro a deixar hoje a Cúpula da América Latina e Caribe, sem esperar o encerramento, disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

EFE |

"A Nicarágua foi embora, direto para Moscou", disse Lula, ao fazer um repasse dos governantes presentes na segunda sessão da cúpula, que será seguida por outra reunião dos governantes a portas fechadas.

Ortega participou ontem do primeiro dia de debates com um aceso discurso contra o colonialismo dos Estados Unidos e da Europa, e recebeu uma chamada de atenção de Lula por falar mais que os dez minutos fixados para cada um dos 33 países representados na reunião.

Depois da sessão de encerramento de hoje, haverá uma entrevista coletiva e um almoço oferecido por Lula aos governantes presentes.

É provável que o almoço também não conte com a presença do líder venezuelano, Hugo Chávez, que foi ontem o último a chegar à Costa do Sauípe, na Bahia, e deve inaugurar esta tarde um busto do Libertador Simón Bolívar em uma avenida de Salvador (BA), a cerca de 76 quilômetros do lugar da reunião.

A presidente chilena, Michelle Bachelet, também deve retornar a seu país após o encerramento da cúpula, antes do almoço de despedida. EFE joc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG