Port of Spain, 17 abr (EFE).- O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, disse hoje sentir vergonha por estar participando da 5ª Cúpula das Américas realizada na capital de Trinidad e Tobago sem a presença de Cuba e de Porto Rico.

Ortega, que representou na abertura os países centro-americanos, lamentou a ausência de Cuba "cujo crime é lutar pela soberania dos povos e prestar solidariedade incondicional, e por isso, foi punida, castigada e excluída".

Ele acrescentou que outra grande ausência "é o povo irmão de Porto Rico (Estado associado aos Estados Unidos), que está submetido às políticas colonialistas", segundo Ortega.

"Não me sinto confortável nesta cúpula, sinto vergonha de estar participando desta cúpula, (que) me recuso a chamá-la de Cúpula das Américas", acrescentou em discurso de 51 minutos. EFE erm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.