Ortega diz que Zelaya voltará a Honduras no domingo

Manágua, 3 jul (EFE).- O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, voltará no domingo a seu país, depois de analisar os resultados da reunião extraordinária que a Organização de Estados Americanos (OEA) realizará amanhã, em Washington, disse hoje o presidente da Nicarágua, Daniel Ortega.

EFE |

"Ontem à noite conversei com o presidente Zelaya. Ele estava em El Salvador, onde o presidente Mauricio Funes ratificou seu apoio (ao deposto governante hondurenho)", acrescentou Ortega, que não confirmou se ele se encontra em solo nicaraguense.

"Os golpistas (de Honduras) devem desistir de sua posição e restabelecer a ordem constitucional nesse país, pois seguramente não há razão para que haja sanção alguma contra o Governo golpista", disse Ortega em um encontro com o presidente de Taiwan, Ma Ying-jeou, em visita ao país.

"Mas, como estabeleceu a resolução da OEA, se os golpistas resistem a restabelecer a ordem constitucional amanhã (sábado) a OEA estaria decidindo as sanções específicas a tomar contra o Governo golpista", acrescentou o governante nicaraguense.

O líder revelou que Zelaya disse estar decidido retornar a Honduras "mais tardar no domingo", depois da reunião da OEA de amanhã e seus resultados.

Ortega disse que não sabe se Zelaya entrará no território hondurenho por via terrestre ou aérea. EFE fm/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG