são os mais idôneos - Mundo - iG" /

Ortega diz que observadores que vigiarão eleições são os mais idôneos

Manágua, 8 nov (EFE).- O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, declarou hoje que os observadores internacionais credenciados para vigiar neste domingo as eleições municipais deste país são os mais idôneos com os quais se podia contar.

EFE |

Assim afirmou o presidente nicaragüense durante um encontro com autoridades eleitorais e representantes dos observadores internacionais das eleições.

A reunião entre Ortega e os juízes do Conselho Supremo Eleitoral (CSE) e os observadores internacionais aconteceu na Casa dos Povos, antiga Casa Presidencial.

Ortega acrescentou que os delegados do Conselho de Especialistas Eleitorais da América Latina (CEELA), do Protocolo de Tikal e do Protocolo de Quito, integrados por juízes da América Central, do Caribe e da América do Sul, representam "uma observação altamente qualificada" para os pleitos municipais.

O presidente desqualificou a Organização dos Estados Americanos (OEA) e grupos locais de observação como Ética e Transparência e o Instituto para o Desenvolvimento e a Democracia (Ipade), porque segundo sua opinião, respondem a "interesses políticos".

Ortega reiterou que a OEA é "subordinada" aos Estados Unidos e que nas eleições de 1996, quando o liberal Arnoldo Alemán ganhou a Presidência, o obrigaram a aceitar uma "fraude".

Além disso, destacou que esta eleição será vigiada por cerca de 120.000 fiscais dos cinco partidos em disputa. EFE lfp/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG