Órgão Eleitoral venezuelano garante confiabilidade de referendo de reeleição

Caracas, 25 jan (EFE).- A presidente do Conselho Nacional Eleitoral da Venezuela (CNE), Tibisay Lucena, confirmou hoje que está garantida a confiabilidade dos resultados do referendo sobre a emenda constitucional para instaurar a reeleição ilimitada dos cargos de escolha popular.

EFE |

"O Poder Eleitoral garante essa expressão soberana do povo", afirmou Lucena no programa de opinião "José Vicente Hoy", do jornalista e ex-vice-presidente venezuelano José Vicente Rangel, que é transmitido aos domingos pela emissora privada "Televen".

Ela acrescentou que o CNE "trabalha aceleradamente para garantir a confiabilidade dos resultados", e para assegurar que haja "um ato de votação íntegro".

Em 15 de fevereiro, mais de 17 milhões de eleitores foram convocados pelo CNE ao referendo sobre a emenda, promovido pelo presidente do país, Hugo Chávez, para poder concorrer em 2012, pela terceira vez, à Presidência, cargo que exerce desde 1999.

Lucena também reiterou sua crítica a que "alguns atores políticos" do país manipulariam um "discurso duplo" sobre o CNE, e pediu a cada setor para se limitar ao papel que lhe corresponde no marco da disputa eleitoral. EFE gf/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG