Cabul, 10 set (EFE).- O organismo encarregado de investigar as denúncias de fraude nas eleições presidenciais de 20 de agosto no Afeganistão invalidou hoje a maioria das cédulas depositadas em 83 colégios de três províncias do sul e do leste afegão.

Os colégios afetados pertencem às regiões de Kandahar (51), Ghazni (27) e Paktika (5), onde predomina a etnia pashtun, a mesma do atual presidente afegão, Hamid Karzai. EFE nh-amp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.