Organização da posse de Obama alerta sobre venda ilegal de entradas

Washington, 10 nov (EFE).- Organizadores da 56ª cerimônia de posse presidencial nos Estados Unidos começaram a alertar sobre a venda irregular de entradas na internet para o evento em que Barack Obama se tornará oficialmente o chefe de Estado americano.

EFE |

A cerca de dois meses da histórica posse de 20 de janeiro, na qual Obama se tornará o primeiro presidente negro dos EUA, vários sites começaram a oferecer entradas a preços estratosféricos.

No eBay, se chega a vender duas entradas por preços que passam de US$ 1 mil.

Outro site, o Inauguraltickets, convida os internautas a fazer pedidos e adverte que seus "preços refletirão a dificuldade para obter" entradas.

Já o Dreamtix oferece uma variedade de entradas, cujos preços oscilam entre US$ 1.400 e US$ 21 mil.

O comitê conjunto do Congresso sobre cerimônias inaugurais assinala em seu site que as entradas serão oferecidas de forma gratuita através dos escritórios dos membros do Congresso.

"Os membros do público interessados em atender à cerimônia inaugural deveriam entrar em contato com os membros do Congresso e com seus senadores para solicitar entradas", assinala o site.

"O público também deveria ser consciente de que nenhum site ou outro lugar de distribuição de entradas tem bilhetes para pôr à venda independentemente do que digam", alerta o comitê conjunto do Congresso.

Carole Florman, diretora de comunicações do comitê conjunto do Congresso, assegurou à rede de televisão americana "CNN" que as 240 mil entradas para a posse estão atualmente em um "local seguro".

Segundo ela, as entradas não serão entregues aos escritórios do Congresso até poucos dias antes e será necessário buscá-las pessoalmente. EFE tb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG