Tóquio - O opositor Partido Democrático (PD) ganhou as eleições gerais realizadas hoje no Japão e seu candidato, Yukio Hatoyama, será o novo primeiro-ministro, segundo pesquisas de boca-de-urna de vários meios de comunicação japoneses. http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/08/26/legislativas+no+japao+o+sistema+eleitoral+8105927.htmlEntenda o sistema eleitoral no Japão Yukio Hatoyama: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/08/26/yukio+hatoyama+herdeiro+de+uma+poderosa+dinastia+politica+8103944.htmlherdeiro de uma poderosa dinastia política Taro Aso: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/08/26/taro+aso+um+nacionalista+sedutor+porem+impopular+8103939.html target=_topum nacionalista sedutor, porém impopular

A participação nas eleições gerais realizadas neste domingo no Japão já é ligeiramente ligeiramente superior à registrada em 2005, informou o governo japonês.

Eleições no Japão

Ao meio-dia (hora local) a participação dos eleitores japoneses era de 35,19%, 0,25% superior à de 2005, segundo o Ministério do Interior.

Na jornada eleitoral de quatro anos atrás, 67,5% dos eleitores japoneses foram às urnas durante as 13 horas em que os colégios ficam abertos.

EFE
Eleitores votam no Japão



Além disso, cerca de 14 milhões de eleitores votaram até sábado de forma antecipada, o número mais alto desde que em 2004 se iniciou este sistema no Japão, segundo o governo.

Segundo a agência local "Kyodo", o dado reflete um maior interesse dos eleitores nestas eleições nas quais o Partido Democrático (PD), de Yukio Hatoyama, poderia arrebatar o poder do Partido Liberal-Democrata (PLD), a força que governou o Japão durante 54 anos.

Leia mais sobre:  Japão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.