Opositor denuncia colégios onde Karzai obteve 100% dos votos

CABUL - O principal adversário de Hamid Karzai nas eleições presidenciais afegãs, Abdullah Abdullah, alertou neste sábado sobre as suspeitas de fraude no pleito, ao denunciar a existência de colégios nos quais o atual presidente obteve 100% dos votos.

EFE |

"A Comissão Eleitoral deveria investigar os colégios nos quais 90% ou mais dos votos vão a um só candidato. Mas a Comissão parece ter aceitado este resultado sem investigação", indicou por e-mail um responsável da campanha de Abdullah, Ali Farhad.

Farhad divulgou dezenas de links com resultados já publicados pela Comissão que levam a conclusões suspeitas, segundo sua campanha, e referentes a diversas regiões do sul e do leste do país, considerados redutos do pashtun Karzai.

Na região de Kandahar, acossada pelos talebans, mas sob o controle administrativo de um irmão de Karzai, a campanha eleitoral indicou a presença de colégios como o número 42, onde Karzai obteve 300, 300, 258 e 467 votos, segundo a urna.

"Trezentos votos significam que três cadernos de folhas de votação, cada uma com 100 votos, foram introduzidos. Duas urnas com 300 votos cada não é uma coincidência, é fraude", disse Farhad.

No centro de votação de Wali Mohammad Khan, Karzai obteve 100% dos votos, um total de 4,049 mil, mas, em quatro das urnas, o atual presidente obteve exatamente 500.

"É simplesmente impossível, é uma fraude que a Comissão Eleitoral permitisse estes resultados sem investigação", acrescentou Farhad.

A campanha de Abdullah identificou a existência de 30 centros de votos com resultados "irregulares" em Kandahar, onde, por enquanto, foram apurados 20,4% dos colégios, com uma ampla vantagem para Karzai (87,2% dos votos).

Algo semelhante ocorreu em alguns colégios de outras províncias de maioria pashtun, como Paktia, Paktika - com irregularidades em "mais da metade dos resultados anunciados" -, Ghazni, Wardak e Logar, e também em dois colégios de Cabul.

A Comissão Eleitoral decidiu suspender hoje uma entrevista coletiva na qual deveria dar novos resultados das eleições, realizadas em 20 de agosto, à espera de poder informar um resultado preliminar confiável nos próximos dias.

Por enquanto, com 60,3% dos colégios já apurados, Karzai obteve 47,3% dos votos, muito perto dos 50% necessários para ser proclamado vencedor sem necessidade de segundo turno.

Leia mais sobre Afeganistão

    Leia tudo sobre: afeganistãohamid karzai

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG