saída honrosa para Mugabe no Zimbábue - Mundo - iG" /

Oposicionista promete saída honrosa para Mugabe no Zimbábue

ACRA, Gana (Reuters) - O líder da oposição no Zimbábue, Morgan Tsvangirai, pediu na terça-feira que todos os líderes da África reconheçam a vitória dele nas eleições do mês passado e prometeu oferecer uma saída honrosa para o atual dirigente do país, Robert Mugabe. Em declarações realizadas durante uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o comércio e o desenvolvimento, Tsvangirai insistiu ter vencido a eleição de 29 de março no país do sul da África. O encontro da ONU acontece em Acra, capital de Gana.

Reuters |

O partido Movimento para a Mudança Democrática (MDC, na sigla em inglês), liderado pelo oposicionista, acusou Mugabe, que governa o Zimbábue desde sua independência, em 1980, de tentar continuar no poder adiando a divulgação dos resultados do pleito.

'Nossa reputação como continente pode sofrer um abalo grave se permitirmos que Robert Mugabe mine os resultados da eleição democrática ao recusar-se a transferir o poder sabendo que perdeu o apoio da população', afirmou Tsvangirai durante uma entrevista coletiva.

'Estamos convocando todos os chefes de Estado da África a manifestarem-se em defesa do povo do Zimbábue', disse.

Mas o oposicionista também reservou palavras conciliadoras ao veterano presidente daquele país.

'Robert Mugabe é um herói da libertação em nosso continente e precisa ser convencido a sair do poder de forma elegante. Na verdade, não temos nenhuma intenção de violar os direitos dele.

Acreditamos ter chegado a hora de ele realizar uma saída honrosa', afirmou Tsvangirai.

Na segunda-feira, em Acra, o oposicionista reuniu-se com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e pediu-lhe que interviesse, junto com os líderes africanos, para resolver a crise instalada no Zimbábue após as eleições.

Tsvangirai disse ter conversado também com o presidente de Gana, John Kufuor. Segundo o oposicionista, Kufuor mostrou-se 'simpático' à causa dele.

(Reportagem de Daniel Flynn)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG