Oposição retira acampamento de protesto em Beirute

A oposição libanesa, apoiada por Irã e Síria, retirou nesta quarta-feira o acampamento de protesto que mantinha desde o final de 2006 em pleno centro de Beirute, após a aprovação de um acordo com a maioria apoiada pelo Ocidente para retirar o país da crise política.

AFP |

Militantes da oposição, liderada pelo Hezbollah xiita, começaram a se desarmar e a retirar as tendas de campanha instaladas desde dezembro de 2006 para exigir a renúncia do primeiro-ministro Fuad Siniora e a formação de um governo de união nacional, constatou um jornalista da AFP.

Este acampamento, instalado em frente às janelas do Palácio do Governo, havia transformado o centro da capital em uma cidade fantasma e paralisou a atividade comercial.

Oposição e maioria chegaram a um acordo em Doha que prevê, entre outras coisas, a eleição de um presidente nas próximas 24 horas, a formação de um governo de união nacional e uma nova lei eleitoral.

O fim do acampamento foi anunciado pelo presidente do Parlamento libanês e líder opositor Nabih Berri em uma breve intervenção durante a cerimônia na qual anunciou o acordo.

bur/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG