Oposição no Irã ganha voz através da BBC em farsi

O canal de televisão em língua farsi lançado pela britânica BBC há apenas seis meses é o veículo que está dando voz aos iranianos que denunciam a reeleição do presidente Mahmud Ahmadinejad e já ganhou milhões de telespectadores.

AFP |

A BBC Persian TV não tem nenhum correspondente no Irã por não ter obtido as autorizações necessárias e a maioria de seus 140 funcionários trabalha em Londres mesmo. Esse é o segundo canal da BCC que transmite num idioma diferente do inglês, depois do lançamento, em março de 2008, da programação em árabe.

O governo britânico concede uma ajuda anual de 15 milhões de libras (24,5 milhões de dólares) ao serviço, subordinado ao da BBC World Service, que é financiado pelo Foreign Office.

A campanha eleitoral iraniana e a questionada reeleição de Ahmadinejad colocaram a BBC Persian TV no primeiro plano da atualidade; desde então o canal recebe uma enxurrada de mensagens eletrônicas - mais de 6.000 por dia - dos partidários de Mir Hossein Moussavi, o principal adversário do chefe de Estado.

"Os que mais nos contactam são os adversários de Ahmadinejad, mas nem todos são partidários de Moussavi. Muita grente expressa sua frustração pelo que está acontecendo no país", afirma uma apresentadora do canal, Pooneh Ghoddoosi.

O canal recebe e transmite vídeos e fotos das manifestações, registradas geralmente por celulares. A população iraniana vê desse modo as imagens dos confrontos entre os manifestantes e as forças de segurança, que nenhum outro canal transmite.

O canal provocou na segunda-feira um grande impacto jornalístico com a entrevista de Caspian Makan, o namorado de Neda Agha-Soltan, e as imagens de cuja morte à margem das manifestações de Teerã comoveram o mundo. Em suas declarações, Makan acusa as milícias fiéis a Ahmadinejad ('basij') da morte brutal da moça.

A existênia da BBC Persian visivelmente irrita o governo da República Islâmica, que no domingo expulsou do país o correspondente permanente da BBC, Jon Leyne, que só trabalhava para o serviço em inglês.

gj/lv/cn/gp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG