Oposição do Zimbábue não aceita governo de Mugabe

As duas alas da oposição no Zimbábue se recusam a participar em um governo formado pelo presidente Robert Mugabe, enquanto as negociações sobre a divisão do poder não estiverem concluídas.

AFP |

"Está claro que se anunciar um novo governo será uma declaração de guerra contra o povo", disse à AFP o porta-voz do Movimento por uma Mudança Democrática (MDC), Nelson Chamisa.

"Mugabe pensa que nos pressiona quando diz que em breve formará um governo. Porém, recusamos qualquer participação em um governo que seria para um benefício pessoal (...). Temos o tempo ao nosso lado, sabemos que o povo está conosco", acrescentou.

Uma ala dissidente do MDC, que com seus seis deputados pode mudar a maioria no Parlamento - controlado pelo MDC de Morgan Tsvangirai - também se recusou a integrar o governo, apesar de ter alcançado um primeiro acordo com o chefe de Estado zimbabuano durante as negociações.

"Esperamos concluir o diálogo e a formação de um governo tradicional com Mugabe e Tsvangirai", disse à AFP o porta-voz desta ala, Edwin Mushoriwa.

Leia mais sobre Zimbábue

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG