Oposição do Zimbábue confirma convocação de greve geral

A oposição do Zimbábue confirmou nesta segunda-feira sua convocação de greve geral a partir desta terça-feira, depois que um tribunal de Harare se negou a ordenar a difusão imediata dos resultados das eleições presidenciais realizadas em 29 de março passado.

AFP |

"Fazemos uma convocação à população para que proteste contra a Comissão Eleitoral por negar a difusão dos resultados", anunciou o vice-presidente do opositor Movimento pela Mundança Democrática (MCD), Thokhozani Khupe.

"Convocamos uma greve geral a partir desta terça-feira para que os resultados sejam difundidos", afirmou Khupe.

Antes, o Tribunal de Harare negou o recurso apresentado pela oposição para obrigar a Comissão Eleitoral do Zimbábue a divulgar de imediato dos resultados da eleição presidencial de 29 de março.

"O recurso foi negado, com os custos judiciais a cargo do autor do recurso", anunciou o juiz Tendai Uchena.

O recurso foi apresentado pelo MCD, cujo candidato, Morgan Tsvangirai, se proclamou vitorioso frente ao atual presidente Robert Mugabe, no poder desde 1980.

Mas até agora a Comissão Eleitoral não revelou qualquer dado oficial sobre a votação, realizada há mais de duas semanas.

gm-fpp/cn/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG